Busque no Blog

terça-feira, 16 de agosto de 2016

CÂMERA HIBRIDA TECVOZ HD FLEX QCB 136 - AHD | HDCVI | HDTVI | ANALÓGICA


Seguindo a forte tendência do segmento de segurança eletrônica, na categoria de CFTV, a TecVoz acaba de apresentar sua linha de câmeras integradas Flex HD com as 4 tecnologias de alta de definição mais usadas no mercado. 

A linha de Câmeras Flex HD, modelos QCB-136 e QCB-136P são capazes de operar em conjunto com sistemas de CFTV AHD, HDCVI, HDTVI e ANALÓGICO. 



Todos sabem que os protocolos analógicos de alta resolução foram desenvolvidos de forma independente um do outro, não permitindo uma câmera HDCVI ser instalada em um sistema com DVR AHD e vice-versa, por exemplo. 

Entretanto, a câmera flex ou híbrida, como alguns a chamam, pode ser facilmente instalada em qualquer sistema HD citado acima. Ela utiliza a mesma infraestrutura de cabos e conectores e, através de fios seletores, é possível processar a tecnologia compatível com o gravador de vídeo (DVR), equipamento responsável por gerar as imagens da câmera.

Abaixo, você consegue visualizar a forma de combinar os cabos seletores e adaptar a câmera ao sistema compatível do DVR.


RESOLUÇÃO
CONEXÃO
HD-TVI (1MP)
Sem nenhuma conexão
HD-CVI (1MP)
Cabo verde + Cabo preto
AHD (1MP)
Cabo branco + Cabo Preto
ANALÓGICO (800 TVL)
Cabo branco + Cabo preto + Verde

*Nota: Consulte a especificação detalhada de cada modelo.

CONFIGURAÇÃO QCB 136 (P)

A linha QCB-136 conta com dois modelos de 1MP de resolução no modo HD. Confira abaixo todas as suas características:



MODELO

QCB-136(P)

Resolução máx.
1 Megapixel
Resolução CVBS (analógico)
800 TVL
Tipo de lente
Fixa 3.6mm
Infravermelho
QCB 136P 12 leds ~ 15m / QCB 136 35 leds ~ 25m
Saída de vídeo
01x BNC (HDTVI / HDCVI / AHD / CVBS)
Alimentação
DC12v+10%, 6W MAX
Grau de proteção
IP66

O avanço tecnológico do segmento busca tornar os equipamentos de segurança eletrônico cada vez mais acessível ao consumidor e, através de produtos integrados, a escolha pelos produtos certos ficam mais assertivos e os valores dos projeto menores, possibilitando cada vez mais pessoas a protegerem seus bens.


Nenhum comentário:

Postar um comentário