Busque no Blog

sexta-feira, 15 de abril de 2016

ACESSO REMOTO: P2P OU DDNS?



É muito frequente surgir algumas dúvidas sobre a visualização de câmeras através de dispositivos móveis, como smartphones e tablets, por exemplo.

De forma breve, a ShopSeg aponta as duas maneiras possíveis de você conseguir acessar as imagens de suas câmeras em qualquer ponto do mundo, desde que possua conexão via internet. 

Via P2P/Nunvem

O serviço P2P (ponto-a-ponto) ou nuvem (Cloud) é a forma mais simples de conseguir acesso às imagens da sua câmera de segurança, via internet. Com ele, o usuário não precisa de configurações complexas de portas e roteadores. O sistema em nuvem ainda é comumente utilizado através de aplicativos fornecidos pelas próprias fabricantes de CFTV. 

Entretanto, é um sistema mais limitado quanto à quantidade de câmeras acessadas ao mesmo tempo e quanto à velocidade da transmissão de dados.

Via DDNS

O serviço de acesso às imagens das câmeras via DDNS (Dynamic Domain Name System) permite que o usuário associe um gravador de vídeo e/ou câmeras IP com endereço IP dinâmico/fixo a um domínio (nomedodominio.ddns.com.br). 

É um a serviço com taxa anual de custo e que exige maior complexidade de configuração, porém, apresenta muito mais segurança de acesso às imagens do circuito fechado de TV, além de conferir velocidade de transferência de dados superior e maior capacidade de acesso simultâneo de câmeras, comparado ao serviço P2P.

Em um próximo post, a ShopSeg tentará abordar com mais detalhes como configurar as opções de acesso remoto apresentadas aqui. Até!




Nenhum comentário:

Postar um comentário