Busque no Blog

terça-feira, 23 de junho de 2015

7 PASSOS PARA VOCÊ INSTALAR O SEU SISTEMA DE CFTV

No post de hoje, a ShopSeg irá enumerar as dicas mais importantes para você mesmo instalar o seu sistema de CFTVSão dicas simples, porém, eficazes e que ajudará você a obter uma economia de até 60% sobre o custo de um kit CFTV instalado.

  • 1 IDENTIFICANDO  OS PONTOS DE INSTALAÇÃO DAS CÂMERAS.

A primeira dica antes de comprar o seu equipamento é saber o local onde você irá fixar as câmeras do seu projeto. 

Identificar os pontos vulneráveis da sua casa como quintal, corredor, fundos e os pontos de maior acesso como garagem e portão de entrada é a etapa inicial e contribui para a definição do perfil da câmera (lente aberta ou fechada, maior ou menor alcance) que será usada no determinado local.

Após definido o tipo de câmeras e a quantidade, é só encontrar a melhor posição para sua fixação. Deixe separado a furadeira, buchas e parafusos necessários.   


  • 2 REALIZANDO A PASSAGEM DOS CABOS.

Essa etapa exige o cálculo da metragem do cabo que o seu projeto vai exigir entre os pontos em que as câmeras estão localizadas até o ponto em que  gravador de vídeo (DVR) ficará instalado. Além dessa análise, é preciso verificar também a proteção do cabo quanto a exposição do tempo e rompimento. Por isso, verifique se sua casa permite a passagem dos cabos por conduítes, caso contrário, providencie canaletas para esse trabalho.


O cabo usualmente designado para os projetos de CFTV analógico é o cabo coaxial 4mm bipolar, no qual permite transmissão de sinal de vídeo e também de energia.  


  • 3 CAIXA DE PROTEÇÃO DOS CONECTORES. 

Antes de instalar os conectores necessários, todo projeto de CFTV merece sua atenção em relação a proteção dos conectores. Portanto, não se esqueça de passar o cabo por dentro da caixa de proteção de conectores e deixá-lo ao redor do local onde suas câmeras serão instaladas, protegendo os plugs contra exposição à chuva, ressecamentos, mal contatos e conferindo melhor acabamento à instalação.


  • 4 INSTALANDO OS CONECTORES.

Chegou o momento de você instalar ao cabo coaxial os conectores BNC e P4 Macho. Esses são, respectivamente, os plugs de vídeo e energia necessários para conectar às câmeras ao DVR e à fonte de alimentação central. 

OBS: Se em seu projeto você optou por alimentar cada câmera à uma tomada de energia de maneira independente, sem o uso de um fonte estilo colmeia, por exemplo, não será necessário o uso do conector P4 Macho. Mas, para tanto, é necessário que a tomada de alimentação esteja próxima ao local de fixação de cada câmera. 

  • 5 FIXAÇÃO DAS CÂMERAS

Conectores instalados ao cabo e dentro da caixa de proteção, agora, você precisa verificar corretamente o ângulo em que as câmeras deverão ficar para serem fixadas na parede. Direcione para o lado e altura ideal e fixe a câmera para os locais que você priorizou que devem ser monitorados e plugue os conectores às câmeras. Feche a caixa de proteção e passe para o próximo passo.


  • 6 INSTALAÇÃO DO GRAVADOR DE VÍDEO (DVR)

Primeiramente, é preciso verificar se o seu gravador de vídeo já vem acompanhado de um disco rígido (HD), componente que permite o armazenamento das imagens das câmeras no DVR. Definido o local onde o gravador ficará instalado e seguro (passo 2), basta apenas ligá-lo à energia e conectar a extremidade do cabo coaxial com o os conectores de vídeo (BNC) nas entradas indicadas, atrás do equipamento.



  • 7 VISUALIZAÇÃO DAS IMAGENS 

Por fim, para visualizar as imagens geradas pelas câmeras e identificar se o ângulo e a direção estão corretos, basta conectar um monitor ou TV à saída VGA ou HDMI do seu DVR. Caso o seu gravador esteja em um  local de difícil acesso para a instalação de um monitor, procure um adaptador de vídeo RCA, no qual, apresenta um cabo de menor espessura para ser instalado em um conduíte ou canaleta.  


   

Nenhum comentário:

Postar um comentário